Direção do Hospital de Alvorada decide não comparecer à Câmara de Vereadores

Entidade informou que deve se pronunciar apenas após a conclusão das negociações sobre o fechamento da maternidade de Viamão

Direção do Hospital de Alvorada aguarda negociações / Foto: Arquivo / OA
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1

A expectativa dos vereadores obter esclarecimentos sobre a situação de atendimento da maternidade do Hospital de Alvorada frente ao possível fechamento da maternidade em Viamão não deve se tornar realidade nesta segunda-feira (17).

Após ter sido convidada a participar da sessão da Câmara de Vereadores desta terça-feira (18), quando teria a oportunidade de esclarecer os detalhes da proposta, a diretoria do Hospital de Alvorada avisou que não comparecerá à sessão.

Em nota o administrador do Hospital, Carlos Grossini, afirmou que a questão ainda está em fase de negociação entre a Fundação Universitária de Cardiologia, responsável pelos dois hospitais, e o Governo do Estado. Neste sentido, Grossini informou que pretende “aguardar o seu desfecho para nos pronunciarmos a respeito”.

O vereador Juliano Marinho (PT), autor do convite, considera a atitude um “ato extremamente desrespeitoso”. Em sua página em rede social, afirma que vai discutir com os demais vereadores quais as medidas a serem adotadas após o não comparecimento da entidade ao chamado da Câmara, inclusive judiciais.

Assembleia Legislativa
Com a negativa da presença da direção do Hospital de Alvorada na sessão desta terça, Marinho solicitou audiência pública na Assembleia Legislativa, onde o tema deverá ser debatido em parceria entre as câmaras de Alvorada e Viamão.

Antes disso, o vereador alvoradense deve falar à Comissão de Saúde da Assembleia, onde apresentará as questões que envolvem os hospitais dos dois municípios.

Fonte: O Alvoradense

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1

Comentários