Ministério da Saúde garante continuidade do programa Farmácia Popular

Ministro Ricardo Barros afirmou que apenas unidades próprias serão fechadas

Credenciados no “Aqui Tem Farmácia Popular” seguem atendendo a população / Foto: Jonathas Costa / OA
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

O fechamento das Farmácias Populares em todo o Brasil, promovidas pelo Ministério da Saúde, causou preocupação em boa parte da população que usufrui deste benefício. Contudo, o ministro Ricardo Barros explica que somente a rede própria, composta de 460 farmácias em todo o Brasil, deixa de atender.

No Rio Grande do Sul eram 28 unidades, sendo apenas uma em Porto Alegre, junto à Faculdade de Farmácia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). Em Alvorada não havia nenhuma.

Ainda conforme Barros, a despesa dessa rede própria era de R$ 100 milhões, valor que, segundo ele, está sendo repassado à compra de medicamentos. O programa tem um investimento total de R$ 3 bilhões ao ano, incluindo as farmácias conveniadas que levam o símbolo do “Aqui Tem Farmácia Popular”, farmácias municipais e unidades de saúde.

Em todo o Brasil permanecem as 34 mil farmácias credenciadas que seguem atendendo a população e este número deve crescer, segundo o ministro.

Em Alvorada são várias as conveniadas, que oferecem medicamentos a preços baixos ou ainda, gratuitamente, conforme a tabela fornecida pelo Ministério da Saúde.

Fonte: O Alvoradense

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários