Sargento e poeta faz homenagem ao Dia do Policial

Há 26 anos o sargento Damião escrevia o seu primeiro poema

Damião Oliveira fez homenagem aos servidores da segurança na terça-feira / Foto: Arquivo Pessoal / OA
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

O escritor e poeta alvoradense Damião Oliveira, 1º sargento da Brigada Militar, iniciou na prosa e verso há 26 anos. Seu primeiro poema autoral foi criado para uma apresentação artística na BM. “Digamos que foi o começo de tudo”, reflete.

Ele conta que, durante uma ação em Santa Maria, na guarda da Fazenda Santo Antônio frente à eminente ocupação por parte do MST, o comando promoveu uma Gincana Cultural. A tropa era formada, na maioria, por alunos sargentos e o objetivo foi descontrair.

O sargento Damião participou de três atividades: composição e declamação, peça teatral e contação de piadas, e conquistou o primeiro lugar em todas!



Apresentação na Fazenda Santo Antonio / Foto: Arquivo Pessoal / OA

Confira o poema declamado há 26 anos:

A fazenda Santo Antonio

Na fazenda Santo Antonio, por lá nos se aconchegava!
Um frio de renguear Cusco a todos incomodava!
Uma cambona cheia de água, em meio as brasas
De um fogo de chão esquentava!
Enquanto um Porunga cheio de erva mate,
Encostado num canto, de uma cama de campanha,
Bem devagarzinho cevava!
Um copo cheio de canha, de mão em mão circulava!
Mentiras, anedotas, Piadas! – Era só o que se contava!
Mas, em meio a tanta alegria o pessoal não se descuidava.
De Certo dito oficial! Que de bebida não gostava, e para
Esquentar o peito, só chazinho ele tomava!
E que de vez
Enquanto passava, para ver se a sentinela, dormindo ele pegava!
Mas este bem ligerito ao avistá-lo com Gabarito ao Oficial se
Apresentava! Mas passando meia noite! Quando íamos descansar,
um barulho se escutava: Que a todos iria apavorar:
É um “Ataque de colonos” A sentinela gritava…
E, em meio a gritaria a defesa se estalava!
Mas o dia Amanhecia e o Ataque não se confirmava,
Logo vinha a calmaria que a todos sossegava! Foi boato!
Foi só susto! Que a sentinela Pregava!
Cansados, todos pensavam em se recolher as barracas,
Novamente, para poder descansar.
Só que as atividades do dia estavam por iniciar.
E a saudade da família voltava a incomodar
Mas em todos uns Pensamentos que viria a acalentar!
E se na hora da volta, no contra cheque olhar e ver tudo bem certinho!
Que as diárias o governo não tardou em depositar!
Deixando todos felizes em para casa voltar.

Autor: Damião Silva – Aluno Sargento da Turma “H” da EsFas. Ano 1991

Homenagens
Além da homenagem que prestou aos colegas brigadianos na sessão da Câmara de Vereadores de Alvorada, Damião foi convidado a retornar à Câmara de Pinhal.

Será na segunda-feira (24) também relativo ao 21 de abril. De lá ele vai percorrer o litoral gaúcho, participando de outras atividades relacionadas aos servidores da segurança.

Confira como foi a apresentação, na gravação do Olhar TV:

Fonte: O Alvoradense

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários