.

.
Geral, Trânsito|15 de novembro de 2013 | 12h33

Acidentes e congestionamento deixam o trânsito complicado na saída para o feriadão

Até o meio-dia, seis pessoas já haviam morrido em acidentes no Estado

1 Flares Facebook 0 Twitter 1 Google+ 0 1 Flares ×
Na BR 290 ao meio-dia, lentidão maior era registrada entre a saída de Porto Alegre até pedágio de Gravataí | Foto: Reprodução/OA

Na BR 290 ao meio-dia, lentidão maior era registrada entre a saída de Porto Alegre até pedágio de Gravataí | Foto: Reprodução/OA

O início da manhã desta sexta-feira (15) começou conturbado no trânsito. O feriadão da Proclamação da República já registra vários acidentes nas estradas gaúchas com, pelo menos, seis mortes.

• AO VIVO: Siga as informações do trânsito

Ao meio-dia o congestionamento na BR 290, a freeway, chegava a 14 quilômetros. O motivo é o fluxo intenso de veículos acessando a rodovia a partir de Porto Alegre e da BR-116 rumo ao litoral gaúcho e catarinense. Segundo a Concepa, a situação mais complicada estava entre a BR-116 e o posto de pedágio em Gravataí.

Mais cedo um caminhão carregado de areia tombou no canteiro central da rodovia em Glorinha, próximo ao pedágio de Gravataí, no quilômetro 46. Por volta das 9h o veículo foi retirado da rodovia, mas ainda há carga de areia na pista, o que causa lentidão no local. A expectativa é que 32,7 mil veículos passem pela rodovia nesta sexta-feira. Ontem foram 44,3 mil em direção às praias.

Quem segue rumo ao estado vizinho deve ter ainda mais paciência. O movimento intenso de veículos em direção às praias catarinenses registra 16 quilômetros na BR 101, em Laguna (SC), desde o início do dia e tudo indica que o trânsito deve seguir complicado ao longo do dia.

Pelo RS 040 mais de 9,3 mil veículos seguiram em direção às praias do Litoral Norte gaúcho até o meio-dia, o que representa mais da metade do esperado para toda a sexta-feira, que é 14,3 mil veículos. O trânsito segue intenso em toda a extensão da rodovia, com 20 carros por minuto passando no pedágio de Águas Claras, em Viamão. Os pontos mais complicados estão no entroncamento com a ERS 118, no pardal em Águas Claras e no Posto da Polícia em Capivari.

Na rodoviária da Capital ainda há passagens à venda para o Litoral e Interior, apesar do movimento intenso. Somente ontem 29 mil pessoas viajaram, a maioria rumo ao Interior do Estado.

Acidentes
O feriadão já registra ao menos seis mortes em vias do Rio Grande do Sul até a manhã desta sexta-feira. Na última delas, uma jovem de 19 anos que estava na carona de um Gol morreu após o veículo sair da pista e bater em um poste na BR-116, em Novo Hamburgo, por volta das 5h.

Pouco antes, em Novo Hamburgo, Bianca Teles de Oliveira, de 19 anos, morreu após o Gol em que estava colidir contra um poste ao sair da pista principal no km 237 da BR-116. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, Fabiano Machado Liziardi, 21 anos, que conduzia o veículo, se negou a realizar o teste do bafômetro e foi autuado por embriaguez ao volante e homicídio.

Os outros acidentes ocorreram em Veranópolis, na madrugada desta sexta, e Porto Alegre, São Martinho, Rio Grande e Canoas, ainda durante a quinta-feira.

Fonte: O Alvoradense

PUBLICIDADE

1 Flares Facebook 0 Twitter 1 Google+ 0 1 Flares ×