Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1

A cada ano que passa o futsal Alvoradense vem crescendo. Impressiona, entretanto, o fim das confusões e baderna de outrora, quando quem comandava esse esporte era uma “várzea” total, com falta de premiações, competições que começavam em um e terminavam em outro ano e sem falar da violência e confusões constantes.
Neste aspecto, Marcelo e Alexandre Junior vem dando um grande exemplo.

Ginásio lotado / Foto: Ramão Alvares / OA

Na noite último sábado (11) o Ginásio Municipal Tancredo Neves, cedido pela Secretaria de Esporte do município, estava com lotação máxima. Cerca de mil torcedores passaram por lá para prestigiar as duas finais da competição, séries Ouro e Especial.

Com GANA e vontade!



Gana campeão Série Ouro / Foto: Ramão Alvares / OA

No primeiro jogo da noite, entre Estrela Ughini e Gana Futsal, prevaleceu a raça.
Um jogo de pouco futsal dentro de quadra, mas com muita intensidade na “gana” e na vontade dos atletas a equipe do craque Xandi, o Gana Futsal, saiu com a vitória nos pênaltis, batendo a muralha da noite, o goleiro Eder, e sagrando-se Campeão Municipal Série Ouro de 2017 e a cada dia plantando um pouco mais seu nome no cenário alvorandese do futsal.

Mas o jogo, que foi decido nas penalidades, foi encaminhado as cobranças no último segundo de jogo. Quando a torcida já soltava o grito de campeão, apareceu o goleador do sábado, Guma, que já havia marcado o primeiro gol da equipe, levou as decisões para a “marca da cal”. Nas cobranças quis o destino que o “matador” estrelado errasse, assim deixando o título para o lado azul. Parabéns Gana!

SHOW-ZA!
No jogo de fundo, onde de camarote pude acompanhar a partida mais esperada do ano nas quadras em Alvorada, Rabelo Futsal, que no ano anterior levara dois dos maiores campeonatos da cidade, enfrentava a equipe do Souza Futsal, que no elenco possui jogadores do mais alto nível da cidade e do Estado, como Thauan, Maciel, o goleiro João e o capitão do Ser Alvorada, Guga.

As ausências pelo lado verde e vermelho de Bilu, Chico Branco e Jack deixaram o jogo um pouco mais disputado e parelho.

Há semanas esse jogo já havia começado, pois existia nas redes sociais muita “resenha” e promessas de vitória por parte de alguns atletas. O que deixou a final um tanto quanto nervosa e ainda mais eletrizante.

O Souza, que dava o ritmo do jogo através de Maciel e Guga, o nome do jogo, estava a mercê de uma marcação muito forte da Rabelo, que explorava poucas jogadas no contra ataque.

Com todo o nervosismo e poucas inspirações das equipes o jogo se arrastou em boa parte com um emparelhamento de forças.

Aos poucos o time do Jardim Porto Alegre foi conseguindo se soltar em quadra e abriu a margem de dois gols, calando a grande torcida da Rabelo que, como de praxe, se fazia presente, barulhenta e em grande número.

O atual campeão naquele momento, como é característica dos grandes campeões, não se entregou e, a menos de 5 minutos do final, buscou o empate em um tiro livre do camisa 10, Luciano.

Com o gol da Rabelo Futsal, o ginásio municipal tremia, vibrava e deixava a final ainda mais emocionante, digna de uma partida dos dois maiores de Alvorada atualmente.

Mas o que já era comentado nas arquibancadas aconteceu e a experiência prevaleceu. Maciel e Thauan marcaram mais duas vezes, deixando o clube atual campeão desnorteado e levando, assim, o troféu do titulo da série especial para o Jardim Porto Alegre, assinando de vez na história da cidade o nome do clube e dando um verdadeiro “SHOW-ZA”  para quem pode prestigiar esta final.

Souza Campeão série Especial / Foto: Ramão Alvares / OA

Parabéns Souza, o novo proprietário das quadras do município!

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1

Comentários