Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Quem nunca sentiu vontade de ficar trancado no quarto por tempo indeterminado para viver o luto de algo que perdemos? Aquele aperto em nosso peito que sufoca e oprime tão forte, que o resultado se resume em lágrimas.
Seja pela morte de um ente querido, viver alguma frustração como perder o emprego, ou, pela descoberta de uma doença grave, estes são, sem dúvida, fatores que nos deixariam muito tristes.

De acordo com psicólogo norte-americano Paul Ekman, a tristeza é uma das seis emoções básicas do ser humano assim como a felicidade, a raiva, a surpresa, o medo e o nojo. Este desânimo é considerado por alguns médicos como saudável e importante. Segundo especialistas, este sofrimento tem tempo determinado e logo vai se atenuando e a vida retornando ao ritmo normal.

Muitas pessoas confundem o significado de tristeza com depressão. É comum nos depararmos com frases do tipo: “ ela está em depressão devido a morte do cachorrinho de estimação”. Embora a tristeza e a depressão tenham algumas características semelhantes, a depressão é uma doença psicológica de caráter neuroquímico. Ou seja, o indivíduo depressivo não precisa de nenhum motivo específico que lhe cause o sentimento de angústia, diferente da tristeza, que é uma emoção após a exposição a situação negativa ou decorrente de algum fato isolado.

Para entendermos melhor essa dessemelhança entre tristeza e depressão, listamos algumas características importantes que devemos atentar:

TRISTEZA DEPRESSÃO
Decorrente a uma exposição ou situação negativa Não precisa, necessariamente, de um motivo para se manifestar
Sentimento normal do ser humano Doença psicológica diagnosticada pelo médico
Passageira (dias, semanas) Duradoura (meses, anos)
Apresenta alterações momentâneas comuns, como aperto no peito e vontade de chorar Insônia, falta de apetite, irritação, cansaço físico e mental são alguns exemplos
Controla suas vontades Abuso de bebidas ou outras drogas
Fala dos seus sentimentos Desmotivação para viver

Como qualquer outra patologia, quanto mais cedo reconhecer os sintomas e iniciar o tratamento, melhor será o prognóstico.

Tanto a tristeza como a depressão merecem ser monitoradas com muito cuidado. Os sintomas podem aparecer ou desaparecer de maneira sutil e quase imperceptível. Por isso é fundamental saber identificá-los e entender que eles podem voltar, para assim, tratar cada uma de maneira adequada.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

COMPARTILHAR