Ao ouvirem a história de um jovem que havia sido roubado no final de um dia exaustivo de trabalho, os soldados Walter e Volpi do 24º Batalhão de Polícia Militar (BPM) resolveram mobilizar a comunidade para ajudar o rapaz.

Foi na tarde de quinta-feira (07), quando foram acionados pelo rádio para atender uma ocorrência de roubo. No posto avançado fizeram contato com o adolescente, que contou que trabalha com reciclagem para auxiliar o pai e o irmão de nove anos.

Contou que sai de casa antes do sol nascer para reciclar e recolher material nas ruas do bairro. Naquela tarde, ao retornar por um atalho no meio do mato, foi surpreendido por um homem, aparentemente usuário de drogas, que anunciou o roubo, simulando estar armado. Foi levado todo material arrecado no dia, além do carrinho.

Apesar dos policiais terem feito buscas na região, não localizaram o autor ou o material roubado.

Mediante o desespero do rapaz, que estava aos prantos no posto policial,  os PMs tentaram minimizar o problema e iniciaram uma verdadeira maratona no comércio local, buscando ajuda para aquela família.

Rapidamente uma corrente de solidariedade entre comerciantes e policiais se formou e foram arrecadas peças de roupas, calçados e alimentos, que devolveram a tranquilidade ao rapaz.