Foto: Jonathas Costa / Arquivo / OA

A advogada e presidente municipal do PSD, Jussara Mendes, entrou com uma ação liminar na Justiça pedindo a suspensão do aumento das tarifas de ônibus na região Metropolitana, aplicadas a partir da semana passada.

A ação se baseia nos índices de reajuste do salário mínimo e do IPCA, que nos últimos meses ficaram em 11,68% e 7,26%, respectivamente, enquanto o aumento das tarifas foi de 14,87%.

Nos últimos dois anos, explica a advogada, os reajustes já foram acima dos principais índices. “Percebe-se que houve, por dois anos seguidos, reajuste do preço das passagens acima do valor do reajuste salário mínimo, e nesse último ano o valor do reajuste supera até mesmo o valor da inflação projetada para o período, enquanto o serviço, como se toma pela opinião pública a seu respeito, segue de baixo nível”, sustenta.

A ação pede que as tabelas que embasaram o aumento sejam divulgadas em juízo para que os valores possam ser justificados.

Segundo a Agergs, que autorizou o reajuste, o índice é resultado dos cálculos realizados pela Metroplan e visa “corrigir distorções ocorridas nos últimos cinco anos nas diversas variáveis que compõem a tarifa”.

Fonte: O Alvoradense