Alvorada é contemplada com o Fundo de Desenvolvimento Social

Sicredi União Metropolitana RS apresentou os projetos contemplados em 2021

135
Foto: Sicredi / Divulgação / OA

Foram apresentados na quinta-feira (25), através de live nas redes sociais, os projetos sociais contemplados em 2021 com o Fundo de Desenvolvimento Social da Sicredi União Metropolitana RS.

O programa destina, anualmente, parte dos resultados da Cooperativa para auxiliar a comunidade através de apoio a ações que promovam cultura, educação, esporte, meio ambiente, saúde e segurança nas regiões onde atua.

Este ano Alvorada conquistou o Fundo para oito projetos bem distintos. Confira:

AMUSA (Associação de Músicos de Alvorada) com o projeto Canções, Histórias e Memórias- Vivências Musicais na Melhor Idade. O objetivo é contribuir, através das atividades de vivências musicais, para a melhora da qualidade de vida e processo de envelhecimento dos idosos, colaborando para o desenvolvimento do convívio comunitário, para o lazer e a cultura. Valor aprovado: R$ 6.000,00

Aurora da Vida (Associação de Familiares, Pais e Amigos das Pessoas com Deficiência e Altas Habilidades), com o projeto de segurança e atividades diferenciadas, que visa melhorar a segurança da instituição considerando as demandas trazidas por usuários e suas famílias, melhorando a qualidade do serviço ofertado. Valor aprovado: R$ 2.100,00

Associação Gaúcha Washyde de Karatê, com o projeto Karatê ao Alcance de Todos, que pretende disseminar o karatê por meio da atividade desportiva e proporcionar a integração social e familiar, tendo como base a expressão, comunicação e socialização entre os alunos, seus familiares e amigos. Valor aprovado: R$ 2.370,00

Conselho Escolar da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Coronel Aparício Gonçalves Borges, que apresentou o projeto Climatizando a Escola, que vai melhorar a qualidade no processo de ensino-aprendizagem dos alunos a partir da instalação de aparelhos climatizadores. Valor aprovado: R$ 5.000,00

Conselho Escolar EMEF Monteiro Lobato, com o projeto Criança Feliz no Monteiro, para seguir com a revitalização do pátio da escola proporcionando maior qualidade de vida aos alunos e à comunidade escolar. Valor aprovado: R$ 2.700,00

Círculo de Pais e Mestres da Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) Vale Verde e o projeto Cultivando Saberes, para concretizar e dar continuidade ao processo de busca pela sustentabilidade ambiental, social e econômica na Escola Vale Verde por meio da implementação de uma horta orgânica comunitária. Valor aprovado: R$ 5.000,00

Instituto Ecovox com Tênis na Vila, para o cercamento de 130 metros linear de área aberta da Instituição para implantação da escolinha de tênis para crianças e adolescentes em risco de vulnerabilidade social. Valor aprovado: R$ 3.900,00

Rotary Club de Alvorada com a Horta Pedagógica que implementa uma horta pedagógica para produção de hortaliças, ervas medicinais e condimentares nas dependências da Associação Beneficente Recreativa e Cultural Jardim Algarve (Arecuja). Valor aprovado: R$ 2.919,16.

Desenvolvimento Social

O Fundo de Desenvolvimento Social existe há quatro anos e ao longo deste período foram destinados 2,2 milhões de reais para 408 projetos nos nove municípios atendidos pela Sicredi União Metropolitana RS (Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Esteio, Glorinha, Gravataí, Porto Alegre, Sapucaia do Sul e Viamão).

Em 2021 foram recebidas as inscrições de 228 projetos e destes 155 foram contemplados, totalizando um investimento total de 808 mil. Todos os projetos são oriundos de entidades sem fins lucrativos e associadas da Cooperativa, que após a pré-seleção passam por uma análise do comitê de cada região onde as ações serão implementadas. Os critérios são estabelecidos por edital.

Conforme o presidente da Cooperativa, Ronaldo Sielichow, os associados não só destinam parte do seu resultado para cooperar com o crescimento local, como os representantes escolhidos por eles participam ativamente da seleção de quais iniciativas receberão os recursos e quanto será destinado para cada uma delas. “Ao se associar, as pessoas passam a ser donas do negócio, tendo voz sobre as decisões, participando dos resultados e ainda contribuindo para o desenvolvimento das suas regiões. Assim criamos laços de confiança que nos permitem crescer juntos. Como está na nossa missão, somos feitos de pessoas para pessoas. Valorizamos o relacionamento. Para nós estar perto significa oferecer soluções financeiras para agregar renda, fomentar os negócios e também contribuir para a melhoria da qualidade de vida de todos.  O Fundo de Desenvolvimento Social é o resultado desta proximidade com os associados e com a sociedade”, complementa.

As inscrições para o Fundo de Desenvolvimento Social 2022 estarão abertas a partir do dia 01 de janeiro. Informações sobre os critérios para seleção podem ser obtidas através do site do Fundo de Desenvolvimento Social, no link:  https://fundosocialsicredi.com.br/