Foto: Governo China / OA

Secretaria de Saúde de Porto Alegre divulgou na quinta-feira (13), tabela com número de pacientes adultos nos hospitais da Capital, com o nome do município de origem.

Alvorada, depois de Porto Alegre (209) tem o maior número de internações, 24 pacientes, seguida de Gravataí com 17, Canoas 16, Viamão 15, Sapucaia do Sul cinco, Guaíba quatro, Novo Hamburgo e São Leopoldo dois cada e mais 43 pacientes do interior do Estado.

São oito alvoradenses internados na Santa Casa, sete no Hospital de Clínicas, cinco no Conceição e nos hospitais Mãe de Deus, Moinhos de Ventos, Porto Alegre e São Lucas, um em cada.

Contudo, das cidades citadas, Alvorada é a única que não possui UTI adulta ou atendimentos de maior complexidade por ser classificada como de Atenção Básica no atendimento em saúde.

Sendo assim, estes atendimentos são centralizados nas grandes cidades, no nosso caso em Porto Alegre, que inclusive recebe recursos federais para este atendimento.

Portanto, os leitos de UTI que estão sendo ocupados por alvoradenses, não são exceção em tempos de pandemia. “Como sempre fizemos, vamos seguir cadastrando nossos pacientes no sistema de Regulação do Estado”, lembrou a diretora técnica da Regulação Municipal, enfermeira Jociane Saldanha Hoff, em live nas redes sociais, realizada pela Prefeitura em 17 de julho.