Alvorada organiza o Mês da Mulher

São diversas atividades para marcar a data comemorada hoje

639
Foto: Arquivo / OA

Iniciam nesta terça-feira, 08 de março, Dia Internacional da Mulher, as atividades relativas à data em Alvorada.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) organizou uma série de atividades, começando com o uma série de palestras, a partir das 14h30 de hoje, contando com a presença da secretária Neusa Abruzzi, da Saúde; procuradora da Mulher, vereadora Nadir Machado; Rosa Machado, do FGTAS / SINE; Rejane Brum, contabilista e mulher empreendedora e a chefe de Polícia Civil do Estado, Nadine Anflor.

Em todas as quartas-feiras de março as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) estarão atendendo as mulheres das 17h às 19h oferecendo CP, Mamografia e Teste Rápido, o mesmo devendo se repetir no sábado (19) das 10 às 16 horas.

Ainda esta semana, na quinta-feira (10), acontece o Movimento + Qualidade de Vida, com atividades físicas a partir das 9 horas na Lagoa do Cocão e a partir das 14h, Mesa Temática sobre Saúde Mental com Tanise Sabino, na Câmara de Vereadores.

Encerrando a primeira semana, o Ginásio Municipal Tancredo Neves vai abrigar o Encontrão de Assistência à Mulher, com aulas de Ritmos, assessoria jurídica com a OAB, Roda de Conversa sobre os desafios pós pandemia e cuidados e prevenção na Saúde da Mulher, com a enfermeira Daiane Gomes.

Homenagens

Ainda nesta terça-feira, mulheres alvoradenses serão homenageadas durante a sessão da Câmara de Vereadores, assim como as advogadas serão recepcionadas na sede da OAB de Alvorada.

O início

Em 08 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos de Nova Iorque / EUA, organizaram uma grande greve, ocupando o prédio da fábrica para reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas a redução na carga diária de trabalho para 10 horas, contra as 16 horas exigidas), equiparação de salários com os homens (elas chegavam a receber até um terço do salário masculino para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno no ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com violência e elas foram trancadas no prédio, que acabou incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas.

Em 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 08 de março passaria a ser o ‘Dia Internacional da Mulher’, em homenagem àquelas mulheres, mortas em 1857. Mas somente em 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU).

A criação da data teve como principal objetivo debater a situação das mulheres. A partir daí a maioria dos países passaram a realizar conferências, debates e reuniões para discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia, terminar com o preconceito e a desvalorização de mulheres em todo o planeta.