Após idas e vindas, Alvorada terminou a primeira etapa do programa Mais Médicos, do Governo Federal, com apenas um profissional contratado.

Na primeira lista divulgada pelo Ministério da Saúde, a cidade contava com três profissionais selecionados. Problemas na inscrição, no entanto, fizeram a lista encolher em todo o país, e dos 107 pré-selecionados para trabalhar em cidades do Rio Grande do Sul, apenas 47 permaneceram, deixando Alvorada de fora da lista.

Hoje (14), no entanto, o Governo divulgou a relação final de profissionais que atuarão no estado. Com o acréscimo dos médicos estrangeiros e ajustes nas inscrições dos brasileiros, o número voltou a subir.

O resultado apresenta que em municípios gaúchos, 119 médicos (57 brasileiros e 62 estrangeiros) vão atuar pelos próximos três anos.

Alvorada, por fim, voltou a figurar na lista de cidades contempladas. Apesar de não ser considerado prioritário, o município vai receber um médico, de nacionalidade brasileira.

A Secretaria Municipal de Saúde havia solicitado doze profissionais. Em todo o país, os participantes do programa correspondem a 10,5% dos 15.460 profissionais necessários.

Uma nova etapa do programa vai ser aberta ainda neste mês. Após isto, novas distribuições de médicos pelo país devem ocorrer somente em dezembro, prevê o governo.

Fonte: O Alvoradense