Foto: Arquivo / OA

Já há vários anos Alvorada figura como o município de maior inadimplência no pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano da Região Metropolitana de Porto Alegre. 

Mas este ano a porcentagem daqueles cidadãos que não pagam seus impostos reduziu e a liderança deste triste ranking ficou com Viamão, que apresenta 64,58% de inadimplentes, ou seja, uma dívida de cerca de R$ 37 milhões, enquanto Alvorada fica com o déficit de R$ 33,2 milhões, que equivale a R$ 49,50%, seguida por Cachoeirinha, Gravataí, Canoas, São Leopoldo, Novo Hamburgo, Esteio, Eldorado do Sul e por fim Porto Alegre, com apenas 9% de inadimplência.

Conforme levantamento feito por veículo de comunicação da Capital, em 2017 62% dos alvoradenses não pagou IPTU do ano anterior e em 2019 o índice já havia baixado para 58%, até chegar aos 55% ano passado.

Ainda que 2020 tenha sido um ano atípico, com a economia mundial atingida pela pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Alvorada credita a redução a uma cobrança mais efetiva dos impostos, considerando também o aumento na prestação de serviços como pavimentação, saúde e segurança pública como pontos positivos.

- PUBLICIDADE -