Foto: Câmara de Vereadores / Divulgação / OA

As Secretarias Municipais de Saúde e Educação estão se preparando para ampliar a volta às aulas presenciais em Alvorada.

Além da gradativa imunização de professores e demais trabalhadores da Educação, houve uma reunião com diretores de Escolas Estaduais para definir os protocolos de segurança no retorno às aulas no modelo híbrido.

O encontro aconteceu na manhã de terça-feira (25), e contou com a presença dos integrantes do Centro de Operação de Emergência em Saúde para a Educação (COE) Municipal.

Sabatina

Ainda na terça-feira, secretária Neuza Machado, da Educação, esteve na Câmara de Vereadores para um debate sobre o retorno das aulas presenciais em Alvorada.

Os parlamentares apresentaram uma série de questionamentos, muitos deles apresentados pela população, sobre o plano de contingência para o retorno durante a pandemia, como a compra de EPI’S para equipar as escolas, disponibilização de máscara e álcool em gel para os profissionais e alunos, e o tempo mínimo para garantir a eficácia na imunização dos profissionais que estão retornando.

Neuza também foi questionada sobre a qualificação de auxílio ao ensino remoto, o déficit de vagas na Educação Infantil e a preparação da sinalização viária no entorno das escolas para acolhimento dos alunos.

Em resposta, a secretária afirmou que as escolas estão recebendo o apoio com recurso e equipamentos que possam garantir a segurança dos profissionais e alunos. Destacou também que o calendário de vacinação está atendendo estes profissionais conforme o retorno das atividades presenciais por série escolar.

As demais dúvidas foram respondidas pela secretária, que se mostrou disposta a responder questões mais específicas também via relatório.

Na próxima semana, a Comissão de Educação da Câmara pretende vistoriar a preparação das escolas para o retorno das atividades presenciais.

- PUBLICIDADE -