Foto: Jonathas Costa / OA

Alvoradenses que precisam se deslocar pela cidade estão utilizando ônibus da Soul ou carros de aplicativos. A paralisação da VAL anunciada esta semana pelo Sindicato Metropolitano Rodoviário / Sindimetropolitano teve grande adesão e não circulam as linhas L103 Umbu – Hospital; C105 Sítio dos Açudes; C201 Torotama e C202 Terra Nova.

Os funcionários reivindicam pagamento de salários e benefícios que estão em atraso. Contudo a diretoria da empresa informa que além do atraso nos repasses de vale-alimentação e adiantamento salarial, a crise também atinge o pagamento do combustível e dos planos de saúde da categoria.

Enquanto isso, a Prefeitura de Alvorada emitiu nota oficial informando que negou o subsídio financeiro solicitado pela empresa, em razão das “prioridades da população, que passam pela saúde e educação, e outras que não permitem alocação de qualquer recurso financeiro”.

Nos próximos dias deve acontecer novo encontro entre os representantes da VAL e o sindicato da categoria, em busca de um acordo.