Alvorada tem o pior índice de PIB per capta do Rio Grande do Sul

Apesar de sempre ser baixo, esta é a primeira vez que o município figura com o pior índice do Estado

165

O Produto Interno Bruto (PIB) de Alvorada, que é a soma de toda a riqueza produzida no município, ultrapassou pela primeira vez na história a marca dos R$ 2 bilhões. Os dados são referentes ao ano de 2014 e foram divulgadas pela Fundação de Economia e Estatística (FEE), do Governo do Estado.

Apesar do número robusto, que em valores totais significa o 31º maior do Rio Grande do Sul, o PIB per capita, que é a divisão dessa quantia pelo número de moradores da cidade, é o pior do estado. Esta é a primeira vez que a cidade ocupada esta posição, desde que os dados começaram a ser divulgados.

No ano anterior a cidade era a penúltima colocada, atrás de Ametista do Sul. Em 2012, no entanto, Alvorada estava na sétima pior colocação, o que demonstra que desde 2013 a cidade passou a crescer menos do que os demais municípios cujos índices de PIB per capta são baixos.

Além de Alvorada (R$ 10.637,61), os municípios com menor renda per capita do Rio Grande do Sul em 2014 foram Ametista do Sul (R$ 10.701,15), Caraá (R$ 10.935,27), Amaral Ferrador (R$ 11.110,28), Dezesseis de Novembro (R$ 11.382,48) e Benjamin Constant do Sul (R$ 11.385,67).

O PIB per capita do Rio Grande do Sul foi de R$ 31.927 em 2014. O município com maior valor no Estado continua sendo Triunfo (R$ 184.668,72), devido às atividades do Polo Petroquímico. O município também integra a lista das dez cidades com maior índice per capita de todo o país.

Em Alvorada o setor de serviços continua sendo o de maior importância na economia da cidade, representando 81,97% do PIB municipal, seguido da Indústria, com 18,66%, e o da Agropecuária, com apenas 0,07% de participação.

Na comparação com o ano anterior, foi justamente o setor de serviços que apresentou a maior alta, com crescimento de 10,5%.

Confira mais detalhes sobre os números do PIB de Alvorada:

Fonte: O Alvoradense