Alvorada tem seu Mapa Cultural em linguagem de quadrinhos

Trabalho do artista Pablito Aguiar foi lançado nas comemorações do aniversário da cidade e apresentado na Câmara de Vereadores esta semana

390
Ilustração: Reprodução / OA

O município passa a ter uma ferramenta original para explorar seu patrimônio cultural, histórico, turístico e ambiental. Trata-se do Mapa Cultural que apresenta os contornos do município, seus arroios, principais vias entre outros, no total de 21 pontos.

O lançamento oficial aconteceu de forma virtual, durante live realizada em 16 de setembro, véspera do aniversário de Alvorada. E esta semana o autor esteve na Câmara de Vereadores, na terça-feira (28) apresentando sua obra aos parlamentares e público que acompanhava a sessão ordinária.

Em sua fala Pablito admitiu que seu amor e admiração pela cidade surgiu e cresceu nos últimos tempos, quando passou a conhecer seus moradores, vários pontos relevantes e a história da cidade. “Já tive vergonha de dizer que era de Alvorada, assim como a maioria dos alvoradenses”, admitiu ele, que hoje tem no seu trabalho de quadrinista como forma de resgatar a auto estima da cidade e de muitos alvoradenses.

O projeto de Pablito Aguiar, conta com a parceira dos textos Claudia Dalpiás e da pesquisa do ambientalista Josué Aguiar, da ONG Embrião, ambos igualmente alvoradeneses, e foi contemplado pelo Edital Criação e Formação – Diversidade das Culturas, realizado pela Fundação Marcopolo em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura e recursos da Lei Aldir Blanc.

A distribuição dos mapas é gratuita, preferencialmente nas escolas, por se tratar de uma possível ferramenta pedagógica na aprendizagem sobre a história e a cultura de Alvorada.

Interessados podem buscar seu exemplar na Biblioteca Pública Municipal Luis Fernando Verissimo, rua Wenceslau Fontoura, 131, Nova Americana.