Programa já funciona em bairros de Porto Alegre | Gustavo Gargioni / Especial Palácio Piratini / OA
Programa já funciona em bairros de Porto Alegre | Gustavo Gargioni / Especial Palácio Piratini / OA

Durante a troca de comando do 24º Batalhão da Brigada Militar de Alvorada, ocorrido na última quinta-feira, o coronel Paulo Moacyr Stocker, comandante do Comando de Policiamento Metropolitano (COM), anunciou que o município contará em breve com a Patrulha Maria da Penha.

A unidade específica para atender mulheres vítimas de violência doméstica integra o programa da Secretaria da Segurança Pública que atua de forma conjunta com demais secretarias, além da Secretaria de Políticas para as Mulheres.

Soldados da Brigada Militar fazem pessoalmente o acompanhamento das medidas protetivas solicitadas pelas vítimas.

Apesar de não confirmar uma data para o lançamento do programa em Alvorada, Stocker garantiu que faltam detalhes para o início do programa na cidade.

Policiamento comunitário
Outra novidade na área da segurança em Alvorada será o programa de policiamento comunitário, também a ser implementado na cidade pela BM.

Segundo o coronel, o governo pretende instalar em todo o Rio Grande do Sul 300 unidades até o final de 2014. Pelo menos onze destes núcleos seriam criados em Alvorada ainda neste ano.

Fonte: O Alvoradense