Rogério Valim | Foto: Samuel Silveira / OA

É difícil conhecer alguém que seja envolvido com alguma forma de arte sem ser totalmente apaixonado pelo que faz. O ator Rogério Valim é um exemplo da importância da arte para a formação do caráter da pessoa. À frente da Companhia de Teatro Gatos&Atos, ele comanda mais que um grupo, mas uma família que espalha alegria e educação pelas escolas da cidade.

Valim, que teve seu primeiro contato com o teatro aos 13 anos, se tornou o mentor de um grupo que vem crescendo ao longo de 15 anos de existência, conquistando espaços para a execução de suas peças e um público cada vez maior. Já foram várias oficinas, inúmeras peças apresentadas pelas escolas da cidade e um grupo que se manteve junto pelo amor à arte, mesmo apesar de todas as dificuldades que pudessem surgir.

O começo foi difícil, mas Lisiane, irmã de Rogério que teve seu primeiro contato com o teatro aos 10 anos de idade, reforça as maravilhas que o teatro traz aos profissionais. “Ver o sorriso de uma criança não tem preço, isso paga muita coisa”, destaca.

Preocupados com a inserção do teatro, em especial dentro das escolas, os seis integrantes do grupo produzem peças lúdicas e didáticas sobre temas que possam ser desenvolvidos em sala de aula. Reciclagem, doenças sexualmente transmissíveis e drogas estão entre os temas das peças que são apresentadas a crianças e adolescentes de todas as idades.

“A arte abre leques, colabora com todas as outras profissões e ensina a lidar com outros seres humanos”, destaca Valim, quando se refere à inclusão do teatro na sala de aula. Todos os integrantes da Cia de Teatro Gatos&Atos se conheceram na escola e iniciaram o trabalho dentro do ambiente escolar, e destacam essa importância.

A arte como um caminho

“As pessoas devem se envolver mais com a arte.” Valim, que cresceu e viu muitos crescerem envolvidos com o teatro, destaca a importância da arte como um caminho para o sucesso. “Quem se envolve com arte, com teatro, sabe lidar melhor com as pessoas, se destaca nesse sentido”, afirma.

Ainda não é possível viver apenas da arte. Alguns integrantes do grupo mantém seus empregos, mas dedicam parte de seu tempo livre aos projetos da companhia.

Um dos sonhos de todos é poder viver apenas do teatro; fazer da arte o seu ganha-pão. Transmitir alegria e emoção às pessoas que não teriam acesso a esse tipo de atividade.

O grupo tem a preocupação de levar o teatro aos bairros mais afastados do centro da cidade, descentralizando o trabalho e levando temas que são conhecidos das comunidades, mas sob perspectivas diferentes, que prendam a atenção do público e possam atingi-lo de alguma forma.
Com peças lúdicas e interativas, Valim e sua trupe levam alegria e informação para as escolas e bairros da cidade.
Atualmente o grupo está em cartaz pelas escolas do município com uma peça sobre a importância da reciclagem. Outros projetos devem surgir em 2012.
Além de Alvorada, Viamão e São Leopoldo estão na lista de cidades que devem receber o grupo para novas apresentações. A Companhia de Teatro Gatos&Atos possui muitos sonhos, e um deles é montar um motor home para levar o grupo e a arte às cidades do interior do Estado.

Gatos&Atos ensina sobre reciclagem a quase 100 crianças que lotaram o salão da Escola Guilhermina do Amaral | Foto: Samuel Silveira / OA

 

Fonte: Amanda Fernandes / O Alvoradense