Associação defende antecipação da vacinação para profissionais da Educação

Professores e servidores de escolas estão na quarta fase de imunização

750
Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini / Arquivo / OA

Prefeitos das cidades que integram o Consórcio dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal), entre eles Alvorada, decidiram na manhã desta quarta-feira (10), que entrarão em contato com o Ministério da Saúde, para antecipar a vacinação dos profissionais da Educação contra o novo coronavírus.

O objetivo é que eles passem da Fase 4 para a Fase 2 do programa de imunização, junto aos brasileiros de idade entre 60 e 74 anos.

A quarta fase compreende, hoje, professores e servidores de escolas, membros das forças de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional. Com a antecipação da imunização de quem atua nas instituições de ensino, as prefeituras elevariam a segurança no retorno às aulas.

Presente à reunião o secretário estadual de Educação, Faisal Karam, que tem o mesmo entendimento em defesa da reabertura das escolas. Faisal colocou a estrutura da Secretaria da Educação à disposição dos municípios para a formulação de protocolos eficientes no retorno às aulas. A partir desta reunião com os prefeitos, o Governo do Estado atuará ao lado da Granpal nas articulações junto ao Governo Federal.

Alternativa

Caso a União se mantenha irredutível e não permita a alteração na ordem de imunização, a associação pretende solicitar ao Governo do Estado que articule para que os municípios que desejarem, e tenham capacidade financeira, possam comprar as doses e vacinem seus professores.

Participaram da reunião os prefeitos de Canoas, Jairo Jorge; de São Leopoldo, Ary Vanazzi; de Triunfo, Murilo Machado Silva; as vice-prefeitas de Guaíba, Cláudia Jardim e de Sapucaia do Sul, Imilia de Souza.

Fonte: Granpal