Acontece hoje no Salão Nobre da Prefeitura uma audiência pública que debaterá a construção do Hospital Regional. A expectativa do governo municipal é garantir a obra em Alvorada, às margens da RS-118. O evento está marcado para começar as 19h.

Enquanto os vereadores de Alvorada se articulam para criar uma mobilização popular em favor da construção do hospital na cidade, os prefeitos da Região Metropolitana (RM), favoráveis pela obra sair em Gravataí, apresentaram duas novas alternativas ao governador Tarso Genro e o secretário de Saúde, Ciro Simoni.

Os dois terrenos estão localizados junto à RS-118, o que na opinião dos prefeitos facilita ainda mais o acesso para moradores das cidades vizinhas como Alvorada e Viamão. Uma das áreas tem 45,2 mil metros quadrados e localização estratégica, a 150 metros da RS-118 e a 300 metros da BR-290 (Freeway). Para a prefeitura de Gravataí, a opção atende plenamente às necessidades técnicas para a instalação e funcionamento do Hospital Regional.

Outro terreno oferecido pela Prefeitura de Gravataí, além do primeiro que havia sido sugerido, às margens da ERS-030, a 12 minutos do Centro, também fica perto da RS-118, a menos de dois quilômetros e a 200 metros de ERS-020.

“A oferta dessas áreas demonstra o firme propósito do município de Gravataí em oferecer todas as condições necessárias para a instalação do Hospital Regional, o que vai beneficiar, estrategicamente, pacientes das cidades vizinhas como Alvorada, Viamão e Cachoeirinha, além de Glorinha, Santo Antônio da Patrulha e Taquara”, aposta Marco Alba.

Fonte: O Alvoradense