Evento promovido por vereador tinha o objetivo de debater sobre a segurança nas escolas | Foto Jonathas Costa
Evento promovido por vereador tinha o objetivo de debater sobre a segurança nas escolas | Foto Jonathas Costa

A audiência pública para debater a segurança nas escolas de Alvorada reuniu, na noite de quarta-feira (15), dezenas de professores, diretores e membros de entidades sociais, além de vereadores e representantes da Brigada Militar e do Conselho Tutelar.

Juliano Marinho (PT) convidou a comunidade para falar sobre o tema | Foto Jonathas Costa
Juliano Marinho (PT) convidou a comunidade para falar sobre o tema | Foto Jonathas Costa

Apesar da grande adesão da comunidade, foi a ausência de entidades importantes para compor o debate que marcou a noite.

Ministério Público, 28ª Coordenadoria de Educação do Estado, Secretaria Municipal de Educação (Smed) e o prefeito Professor Serginho foram convidados, mas não foram na audiência e não enviaram representantes.

O advogado e professor Adilson Cunha, que assistia o debate, classificou que as ausências acabavam desmobilizando a comunidade. “Vim motivado, mas o principal agente (o prefeito) não veio. O síndico tem o dever de coligar todos os projetos”, classificou.

O presidente da Câmara, Gerson Luís (PTB), não teceu críticas diretas ao prefeito, mas também não escondeu o descontentamento pela ausência de representante do poder Executivo. “A função desta Casa foi feita”, resumiu.

Devido a problemas de saúde do pai, o secretário Fernando Ramalho não compareceu na audiência, mas enviou o secretário adjunto de Mobilidade e Segurança Urbana, Júlio Gonçalves.

Ele esclareceu que a Pasta organizada, com o apoio da Smed, a criação de duas patrulhas escolares. Gonçalves também informou que a prefeitura tem trabalhado na troca do sistema de alarmes dos prédios públicos municipais, o que inclui as escolas da rede.

Procurada, a prefeitura informou que deve promover uma reunião entre o vereador Juliano Marinho, o prefeito Professor Serginho e representantes da Smed nos próximos dias para tratar das demandas apresentadas na audiência.

Audiência pública sobre segurança nas escolas contou com muitos educadores e seguranças da comunidade | Foto Divulgação
Audiência pública sobre segurança nas escolas contou com muitos educadores e seguranças da comunidade | Foto Divulgação

Fonte: O Alvoradense