O suposto autor dos disparos que mataram o jovem Gabriel Leiria, de 17 anos, se entregou a polícia. Diego Peres Charão, 20 anos, se apresentou na noite desta segunda-feira (29) no 10º Departamento de Polícia de Florianópolis, em Santa Catarina. Sua prisão preventiva já havia sido decretada pela Polícia Civil.

Diego Charão é o principal suspeito por ter praticado o crime que chocou a cidade nas últimas semanas. Henrique Santos, de 15 anos, e Gabriel Leiria estavam voltando de uma padaria quando foram abordados por um assaltante. Como os jovens não estavam com nada de grande valor, o criminoso disparou dois tiros pelas costas. Gabriel morreu na hora, já Henrique ficou com ferimentos graves e segue internado no hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre.

O suspeito será encaminhado a Alvorada para dar seguimento às investigações. Diego Charão tem antecedentes criminais por posse de entorpecentes e ameaça. Ele já teria, inclusive, agredido a própria mãe na última semana.

A população reagiu ao crime que aconteceu no bairro Água Viva. Protestos foram organizados em duas oportunidades pelos alunos da escola Júlio César, onde Gabriel e Henrique estudavam.

Fonte: O Alvoradense