Foi decretada nesta segunda-feira (29) a prisão preventiva do autor dos disparos que mataram o jovem Gabriel Leiria, de 17 anos, e feriram Henrique Santos, de 15, no bairro Água Viva há duas semanas.

Segundo a delegada Fabiana Boeges Kleine, titular da 2ª Delegacia da Polícia Civil de Alvorada, o autor do latrocínio tem 20 anos e possui antecedentes por posse de entorpecentes e ameaça.

A Polícia realizou buscas ao longo da tarde para localizar o criminoso, que não foi encontrado. Ele é considerado foragido.

O crime chocou a cidade nas últimas semanas. Henrique e Gabriel foram abordados na rua Vereador Lauro Barcellos quando saíam de uma padaria. O criminoso exigiu algo de valor, mas os adolescentes só tinham refrigerante e uma sacola de pães. Dois tiros foram disparados pelas costas. Gabriel morreu na hora, já Henrique sobreviveu e segue internado no hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre, onde passou por uma cirurgia.

Após o velório de Gabriel, protestos foram organizados em duas oportunidades pelos alunos da escola Júlio César, onde as vítimas estudavam.

Fonte: O Alvoradense