Em um dos locais da ação, os policiais militares encontraram um fuzil, uma pistola, munição e cerca de 14 quilos de maconha | Foto: BM / Divulgação / OA

O 1º Batalhão de Polícia de Choque da Brigada Militar (BPChq) apreendeu armamento pesado e farta munição, além de drogas, em mais uma operação Mão de Ferro deflagrada na noite dessa quinta-feira (21), desta vez nos bairros Santa Bárbara e Jardim Alvorada, ambos na zona sul de Alvorada.

A operação Mão de Ferro foi deflagrada no início desta semana como resposta à série de crimes registrados na cidade durante o final de semana. No sábado, criminoso mataram um homem e atearam fogo na casa onde ele residia com a mulher e a filha. Ambas ficaram feridas.

No dia seguinte, um ataque à tiros em uma festa terminou com um adolescente morto e outras cinco pessoas baleadas. Ambos os crimes ocorreram o bairro Umbu, zona Norte da cidade.

BM apreende armamento pesado, munição e drogas em bairros da zona Sul de Alvorada
Local do ataque ocorrido na noite do domingo fica em frente a estabelecimentos comerciais do bairro Umbu | Foto: BM / Divulgação / OA

Com o objetivo de frear o avanço da criminalidade na cidade, as ações desta segunda etapa da operação ocorreram na rua Mundo Novo, no bairro Santa Bárbara, onde o efetivo das Patrulhas Especiais (Patres) do 1º BPChq localizou com um homem um fuzil calibre 5,56 mm, uma pistola calibre 9 mm com 24 cartuchos e dois carregadores. Houve ainda o recolhimento de cerca de 14 quilos de maconha, em torno de R$ 1,5 mil em dinheiro e um celular.

Já na rua General Vitorino, no bairro Jardim Alvorada, a tropa das Patres do 1º BPChq deteve outro criminoso saindo de uma casa. Os policiais militares apreenderam um fuzil calibre 5,56 mm, uma espingarda calibre 12, um revólver calibre 38,  quatro carregadores e 269 cartuchos de munição, além de 15 tijolos de maconha, um celular, um radiocomunicador e uma bolsa de nylon preta.

A atuação do 1ºBPChq é por tempo indeterminado em Alvorada. No final da noite da terça-feira, os policiais militares estiveram em dois locais no bairro Jardim Algarve, também no âmbito da operação Mão de Ferro.