Bombeiros alertam para cobranças indevidas

E-mails falsos cobram taxas referentes à prevenção de incêndio

257
Foto: CBM Alvorada / Arquivo / OA

Frente ao grande número de denúncias de que muitos gaúchos estão recebendo e-mails cobrando taxas referente a serviços do Corpo de Bombeiros Militar relacionados à prevenção de incêndios em edificações, o Departamento de Segurança, Prevenção e Proteção Contra Incêndio (DSPCI) publicou nota esclarecendo que as correspondências são falsas e que as comunicações feitas pelos Bombeiros são geradas pelo sistema da Corporação, enviadas ao e-mail cadastrado pelo responsável técnico do imóvel, somente quando há movimentação no processo de regularização.

Confira a nota:

“O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS) informa que estão sendo disseminados e-mails alertando sobre o vencimento de documentos relacionados à prevenção de incêndios em edificações. Informamos que se tratam de correspondências falsas, que estão sendo geradas por pessoas ainda desconhecidas, sem a anuência ou qualquer envolvimento do CBMRS.

As comunicações realizadas pelo CBMRS referentes à segurança contra incêndios, são geradas pelo sistema próprio da Corporação (SISBOM-MSCI), através do e-mail cadastrado pelo responsável técnico da edificação, apenas quando ocorre movimentação no processo de regularização.

Salientamos que o CBMRS não envia qualquer tipo de correspondência eletrônica com cobrança de taxas ou valores referentes aos processos de segurança e prevenção contra incêndios.

Em caso de dúvidas, orientamos que a comunidade contate diretamente uma unidade do Corpo de Bombeiros Militar de sua região.

Atenciosamente,

Luiz Carlos Neves Soares Júnior – Cel QOEM

Diretor do DSPCI”