Professor Borba (E) e Dilson Rui Pila (D) foram candidatos a prefeito e vice nas eleições de 2012 | Foto: Site Oficial Professor Borba / Divulgação / OA
Professor Borba (E) e Dilson Rui Pila (D) foram candidatos a prefeito e vice nas eleições de 2012 | Foto: Site Oficial Professor Borba / Divulgação / OA

Os candidatos a prefeito e vice-prefeito na eleição de 2012 pela coligação Alvorada de Um Novo Tempo, Professor Borba (PTB) e Dilson Rui Pila (PDT), estão inelegíveis pelos próximos oito anos.

A decisão é do Tribunal Regional Eleitoral (TER-RS), atendendo a solicitação da Procuradoria Regional Eleitoral do Estado (PRE-RS).

Borba e Pila, que ficaram em segundo lugar no pleito, tiveram os registros cassados após condenação por abuso de poder econômico e utilização indevida de veículo ou meio de comunicação social.

Segundo a Procuradoria Geral da República (PGR), Borba foi personagem de inúmeras reportagens no jornal “De Fato”, criado em 2011 e vinculado a pessoas relacionadas diretamente com a administração municipal e com o candidato, representante do governo nas Eleições 2012.

“As matéria publicadas sempre eram positivas e a imagem do acusado foi associada à continuidade da administração à época da Eleição”, informou a PGR em nota.

Os condenados ainda podem recorrer da decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Fonte: O Alvoradense