Curso inédito no país orientou policias no atendimento de ocorrências de violência doméstica | Foto: Brigada Militar / Divulgação / OA
Curso inédito no país orientou policias no atendimento de ocorrências de violência doméstica | Foto: Brigada Militar / Divulgação / OA

Um turma de 52 policiais militares recebeu, durante a semana passada, um curso de capacitação sobre a Lei Maria da Penha. O curso aconteceu na Academia de Policia Militar, em Porto Alegre.

O foco das aulas, segundo a coordenadora da Patrulha Maria da Penha no Estado, é a atuação no pós-delito, iniciativa inédita no país.

Segundo a coordenadora, tenente-coronel Nádia Gerhard, a brigada gaúcha “é a única policia militar que atua após a ocorrência”, por isso o curso.

“Queremos instruí-los para facilitar o diálogo com vítimas que já registraram ocorrências e possuem medida protetiva de urgência”, explicou Nádia.

Conforme a coordenadora, o objetivo é evitar que mulheres sofram violência doméstica e evitar a reincidência das agressões. Policiais de Porto Alegre, Alvorada, Canoas, Charqueadas, Gravataí, Novo Hamburgo e Viamão participaram desta primeira edição da atividade.

De acordo com a coordenadora, até 2014, mais 18 edições do curso devem ocorrer em vários municípios.

Fonte: O Alvoradense