nicialmente 40 policiais militares irão utilizar o fardamento, composto por camiseta, bermuda e sandálias, além do equipamento de proteção individual | Foto: Caroline Bicocchi / Palácio Piratini / OA
nicialmente 40 policiais militares irão utilizar o fardamento, composto por camiseta, bermuda e sandálias, além do equipamento de proteção individual | Foto: Caroline Bicocchi / Palácio Piratini / OA

O governador Tarso Genro realizou na manhã desta segunda-feira (03) a entrega de 156 novas viaturas para a Brigada Militar (BM), que irão reforçar o serviço de policiamento ostensivo e dos bombeiros, e conheceu o novo fardamento de verão utilizado a partir de hoje pelos policiais.

As viaturas foram adquiridas a partir do processo de Participação Popular, com investimento no valor de R$ 8 milhões. Conforme Tarso, a demanda de viaturas é permanente, a medida que tornam-se ultrapassadas, necessitam ser substituídas. Um novo processo de aquisição de veículos deve acontecer no mês de abril.

Das 156 viaturas, 28 ficam em Porto Alegre, sete vão para a Região Metropolitana e cinco para o Vale dos Sinos. Os veículos Renault Duster beneficiam os municípios de Canoas, Viamão, Cachoeirinha, Nova Santa Rita, Sapucaia do Sul, Parobé, Taquara, Lindolfo Collor, Portão e São Leopolodo. As primeiras 13 viaturas foram entregues no município de Pelotas no sábado (25), durante a Interiorização de Governo.

Quanto ao fardamento de verão, o governador ressaltou que a ideia é fazer com que o servidor sinta-se mais confortável com uma roupa compatível com o clima gaúcho. Já o coronel Fábio, frisou que mais uma vez a Brigada Militar consolida condições de trabalho para os seus servidores. “O novo fardamento da polícia a pé é uma experiência. O Instituto de Pesquisa da Brigada está fazendo, a partir de hoje, uma pesquisa de opinião justamente para ver o grau de satisfação e se é possível possibilitar melhores condições de trabalho, mais conforto ao servidor e consequentemente uma prestação de serviços mais qualificada a sociedade”, disse.

“Atualmente, a farda é muito quente e, esta nova vestimenta irá facilitar o nosso trabalho na rua. Melhora a mobilidade e conseguimos trabalhar com mais conforto, ficamos mais ágeis no serviço e sentimos menos calor”, disse o soldado Adriano Zilli Cardoso. Inicialmente 40 policiais militares irão utilizar o fardamento, composto por camiseta, bermuda e sandálias, além do equipamento de proteção individual.

O fardamento diferenciado para o verão, na Brigada Militar, surgiu nas décadas de 50 e 60 para uso exclusivo no policiamento das praias. Em 1970, quando foi criada a Operação Golfinho, seu uso foi adotado em todos os balneários, sendo utilizado até hoje. Na área central de Porto Alegre, o uso da vestimenta é uma novidade para os policiais militares.

Fonte: O Alvoradense