As festas de final de ano, juntamente com a onda de calor que visita o Rio Grande do Sul nos últimos dias de 2013, impactaram positivamente nas vendas de ar condicionados.

A preferência dos consumidores tem sido pelos Splits de 9.000 a 12.000 BTUs com opção quente e frio. Para o presidente da Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação (ASBRAV), a faixa de BTUs mais procurada tem relação com o tamanho dos apartamentos mais novos.

“Os dormitórios costumam ser a prioridade do consumidor para instalação de ar-condicionado, e o tamanho desses locais, de modo geral, vai de 12m² à 20m², então os aparelhos de 9.000 e 10.000 BTUs são adequados”, explica.

Uma novidade é a ascensão da procura por ar-condicionado portátil, especialmente entre 10.000 e 12.000 BTUS. A motivação desse tipo de compra pode estar relacionada ao conforto dos veranistas que vão ao litoral gaúcho a partir de janeiro. Esses aparelhos permitem que, no final da temporada, os proprietários transfiram facilmente esse item de conforto para o local de moradia fixa.

Pesquisa realizada pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS) indica que a venda desses produtos deve aumentar pelo menos 20% em relação ao final do ano de 2012. Os equipamentos de ar condicionado tradicionais também estão registrando vendas relevantes. Esses aparelhos são escolhidos principalmente para serem instalados em salas que não estão preparadas para comportar o maior escoamento de água dos Splits ou por pessoas que não querem se preocupar com o maior custo de instalação desses equipamentos.

Fonte: O Alvoradense