Na primeira sessão plenária após o recesso, os vereadores aprovaram, por dez votos favoráveis e um contrário, o aumento do vale-refeição dos servidores municipais.

O benefício, que hoje é de R$ 8,50, passa a ser de R$ 12, com faixas de descontos que vão da isenção, para quem ganha menos de R$ 1 mil por mês, até 50%, para salários acima de R$ 1950,01. Os servidores celetistas que ganham menos de R$ 1 mil terão desconto de 20%, que é o caso dos Agentes Comunitários de Saúde.

O aumento do auxílio creche também foi aprovado pelos vereadores. O benefício passará para R$ 35. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Alvorada (Sima), no entanto, pedia R$ 50.

O aumento vale também não atende as reivindicações do sindicato. A categoria, que está em estado de greve desde 20 de junho, pede R$ 14 e desconto de 20% para todos os servidores.

Na proposta inicial da prefeitura, apresentada em maio, o valor do benefício era de R$ 11,05. Os descontos, no entanto, recaiam sob faixas de salários maiores. Confira nas tabelas abaixo a diferença:

Cenário atual Proposta inicial Proposta aprovada
Vale-refeição R$ 8,50 R$ 11,05 R$ 12
Isenção Não possui Até R$ 1 mil Até R$ 1 mil
Desconto de 20% Até R$ 650 Até R$ 1,5 mil Até R$ 1,3 mil
Desconto de 30% Até R$ 1,3 mil Até R$ 2 mil Até R$ 1,5 mil
Desconto de 40% Até R$ 1,95 mil Até R$ 3 mil Até 1,95 mil
Desconto de 50% Acima de R$ 1950 Acima de R$ 3 mil Acima de R$ 1,95 mil

 

Fonte: O Alvoradense