Câmara de Vereadores aprova lei que proíbe fogos

Projeto abrange todos os artefatos com efeito ruidoso

152
Foto: Reprodução / OA

Durante sessão da Câmara de Vereadores realizado de forma virtual na terça-feira (13) foi aprovado, por unanimidade, Projeto de Lei de autoria da vereadora Oliane Santos (Cidadania), que proíbe, em Alvorada, manuseio, utilização, queima e soltura de fogos de estampidos e de artifícios, assim como de qualquer artefato pirotécnico de efeito sonoro ruidoso.

Em sua fala, a vereadora agradeceu o apoio de todos ao seu primeiro Projeto apresentado, o 014/2021, e lembrou que, além da causa animal, está sendo respeitado o bem-estar de portadores de autismo. Também são beneficiados idosos e crianças, incluindo pacientes de asilos, clínicas e do Hospital de Alvorada.

Os demais projetos e requerimentos votados também conquistaram a unanimidade. Destaque para o 029/2021 que cria a Semana Municipal da Reciclagem e do Meio Ambiente nas escolas municipais, de autoria do vereador Rodrigo Mendes (Republicanos).

Outro projeto aprovado é de autoria do vereador Rodrigo Schim (PL), o 056/2021 sobre a Semana da Cultura Cristã em Alvorada, que deve acontecer logo após a Páscoa.

Sugestões

Entre os requerimentos de indicação (sugestões feitas pelos vereadores à Administração Municipal) o da vereadora Giovana Thiago (PT) sugere que a Secretaria Municipal da Saúde aplique um calendário de vacinação da Covid-19 fracionado, com o objetivo de reduzir as filas e consequente aglomeração no Centro de Vacinação.

Outra indicação, assinada pelas vereadoras Giovana e Oliane amplia a campanha Vacinação Solidária com a doação de agasalhos e também ração para cães e gatos.

Por fim, todos os vereadores assinam documento solicitando à Prefeitura de Alvorada a contratação imediata de médico especialista em Neurologia Pediátrica para atendimento no município.

Enquanto persiste a bandeira preta, as sessões seguem ocorrendo de forma virtual, podendo ser acompanhadas pelo site da Câmara às 17h30min de terça-feira.