Foto: Câmara de Vereadores / Arquivo / OA

Nesta terça-feira (21) a Câmara de Vereadores de Alvorada decidiu contratar um serviço de desinfecção, após casos confirmados de coronavírus de uma servidora e o pai de um estagiário. “Mesmo com a Câmara funcionando com expediente reduzido, no limite de um assessor por gabinete os casos surgiram”, disse o presidente, vereador Juliano Marinho (PSD), que decidiu por fazer a desinfecção no local.

Na segunda-feira, em sua página pessoal em rede social, o presidente da Câmara afirmou que apresenta sintomas de gripe e está com suspeita de Covid-19. Até obter o resultado do teste, o vereador seguirá em isolamento.

Conforme última atualização da Secretaria Estadual de Saúde / SES Alvorada registra 940 casos confirmados e 32 mortes por Covid-19.