Servidores reivindicam reajuste de 64% do vale-refeição | Foto: Sima / Divulgação / OA
Servidores reivindicam reajuste de 64% do vale-refeição | Foto: Sima / Divulgação / OA

A Câmara de Vereadores de Alvorada realiza na manhã desta sexta-feira sessão extraordinária para votar o reajuste no vale-refeição do funcionalismo.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Alvorada (Sima), que é contra a proposta apresentada pela prefeitura, deve lotar o plenário para acompanhar a votação.

O governo oferece reajuste de 30%, que eleva o benefício dos atuais R$ 8,50 para R$ 11,05, e redefine novas faixas de desconto. O sindicato questiona o critério de isenção e pede que o valor suba para R$ 14, um aumento equivalente e 64%, com desconto de 20% para todos os funcionários, o que garantiria pagamento mínimo de R$ 11 para cada servidor.

Confira os detalhes da proposta:

“A prefeitura já sinalizou que neste ano não haverá aumento salarial, então exigimos que pelo menos o vale-refeição seja reajustado corretamente”, explica o diretor de comunicação do Sima, Vitor dos Santos.

Os sindicalistas também questionam o fato do reajuste de 64% já ter sido aprovado pela Câmara no final do ano passado e estar previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2013. Na ocasião, todos os vereadores aprovaram o reajuste.

“Não aceitamos a teoria de terra arrasada se o governo aprovou o aumento do número de cargos de confiança no início deste ano”, afirma Vitor .

Sessão terá transmissão ao vivo
O Alvoradense vai transmitir a íntegra da sessão plenária a partir das 10 horas pelo portal de notícias. Os internautas poderão acompanhar a cobertura enviando comentários.

Fonte: O Alvoradense