Foto: Jonathas Costa / OA

A Câmara de Vereadores de Alvorada vota nesta terça-feira (7), a partir das 16h30, em sessão extraordinária, quatro projetos da Mesa Diretora da casa que visam economizar recursos do Poder Legislativo.

As medidas impactam na contratação de estagiários, que devem passar a ser escolhidos via concurso público, e no número de cargos de assessores da Presidência, que serão diminuídos de 17 para 2.

A concessão de diárias também passará por mudanças. Pela proposta, todo o pedido de viagem de um vereador terá que ser aprovado no plenário da casa pelos demais colegas. Haverá a exigência de apresentação prévia do roteiro da viagem e do motivo para fazê-la. No retorno, os vereadores deverão apresentar os comprovantes de gastos e um relatório sobre como foi a viagem. O número de diárias para cada vereador também terá limites.

Segundo o presidente da Casa, vereador Darci Barth (PMDB), todas as propostas foram construídas com o apoio dos demais vereadores em reuniões ocorridas em janeiro.

Também será cobrado a diminuição do uso de papel, telefone e selos postais. A expectativa é que após implementadas, as medidas possam gerar economia de até R$ 800 mil ao ano.

O dinheiro economizado será investido na fase final das obras do novo prédio da Câmara de Vereadores. Proposta que tem o apoio do próprio Executivo, já que ao deixar o atual local, a Câmara deverá liberar espaço no prédio da Prefeitura para secretarias municipais que hoje ocupam espaços alugados.

Também entra em votação nesta terça um projeto de autorização de liberação de crédito, no valor de R$ 117 mil, para a área da saúde.

Fonte: O Alvoradense