Eduardo Campos concorria à presidência pelo PSB | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/OA

Foi confirmada pouco antes das 13h desta terça-feira (13) a morte do candidato à presidência pelo PSB Eduardo Campos. Ele estava em uma aeronave de pequeno porte que caiu sobre uma residência na cidade de Santos, litoral sul de São Paulo.

Outros quatro passageiros estavam no avião. Segundo o Corpo de Bombeiros, a queda ocorreu por volta das 10h e pelo menos cinco prédios foram atingidos.

Além de Campos, outras seis pessoas morreram, entre passageiros da aeronave e moradores das casas atingidas.

De acordo com o Comando da Aeronáutica, a aeronave é um Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, que decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao Aeroporto de Guarujá (SP). Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave.

A Aeronáutica informou que já iniciou as investigações para apurar os fatores que possam ter contribuído para o acidente. Oito carros do Corpo de Bombeiros estão atendendo às ocorrências.

A candidata a vice-presidente, Marina Silva, não estava a bordo do avião e já está à caminho de Santos, assim como demais autoridades.

Aeronave caiu em Santos sobre residências | Foto: Globo News/Reprodução/OA
Aeronave caiu em Santos sobre residências | Foto: Globo News/Reprodução/OA

Fonte: O Alvoradense