Chega ao Estado o 1º lote de vacinas para crianças de cinco a 11 anos

São 59,1 mil doses da Pfizer destinadas ao Rio Grande do Sul neste momento

22
Foto: Governo do Estado de São Paulo / Divulgação / OA

Chegou na tarde desta sexta-feira (14) no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, o lote com as 59,1 mil doses de vacinas para as crianças de cinco a 11 anos, enviados pelo Ministério da Saúde e que deve iniciar a aplicação pela Capital na próxima quarta-feira (19).

Houve alteração de horário devido a um contratempo: foram registrados casos de Covid-19 na tripulação de um voo.

Enquanto isso, em São Paulo, foi vacinada a primeira criança brasileira contra a Covid-19, um menino de 8 anos, Davi Seremramiwe, indígena da etnia Xavante, do Mato Grosso, que está na capital paulista realizando tratamento de saúde.

Esquema vacinal

Todo o RS deverá iniciar a imunização das crianças na quarta-feira, com esquema vacinal composto por duas doses da vacina Pfizer destinada ao grupo infantil, com intervalo de oito semanas (56 dias) entre as aplicações das doses de 0,2 ml (equivalente a 10 microgramas).

Para facilitar a identificação pelas equipes de vacinação, a tampa do frasco da vacina será na cor laranja, o que também poderá ser observado pelos pais ou responsáveis que acompanharem as crianças.

Doses

Ainda sem definição quanto ao número de doses destinadas a cada município, apenas no início da próxima semana as Secretarias Municipais da Saúde poderão fazer a projeção do público inicial a ser vacinado, mas a probabilidade é que inicie pelas crianças mais velhas, portadoras de comorbidades (como diabetes, hipertensão, asma ou imunossuprimidos), ou com alguma deficiência permanente.

Em seguida serão as crianças indígenas e quilombolas; fazem parte do terceiro grupo aquelas que vivem com pessoas com alto risco para evolução grave da doença. Por fim, no quarto grupo, estão as crianças sem comorbidades por ordem decrescente de faixa etária.

As crianças deverão estar acompanhadas dos pais ou responsáveis, sendo necessário apresentar documento de identidade da criança e do familiar ou responsável por acompanhá-la. Não será necessário possuir prescrição médica.

Nova remessa

O Ministério da Saúde antecipou um novo lote com 1,2 milhão de doses de vacinas pediátricas da Pfizer contra a Covid-19, estando prevista a chegada ao Brasil de uma nova remessa no domingo (16), o que possibilita a continuidade da imunização.