Em assembleia realizada na tarde desta segunda-feira (14) no Centro de Porto Alegre, os funcionários de bancos privados decidiram pelo fim da greve na Capital e Região Metropolitana, que já durava 26 dias. 

Em Alvorada a greve começou mais tarde, no dia 24 de setembro, há 21 dias.

Voltam ao trabalho a partir desta terça também os trabalhadores do Banco do Brasil e Caixa. A paralisação segue somente no Banrisul ainda por tempo indeterminado.

Na última sexta-feira, o Comando Nacional de Greve já havia dado a orientação para os bancários aceitarem a proposta mais recente da Federação Brasileira dos Bancos (Fenaban).

No entanto, os trabalhadores da Capital e Região Metropolitana optaram por permanecerem com a paralisação até a reunião desta segunda.

Comando Nacional de Greve e a Fenaban entraram em acordo em reunião ocorrida em São Paulo. A nova proposta foi de 8% de aumento sobre os salários (aumento real de 1,82%), 8,5% sobre o piso salarial (ganho real de 2,29%) e 10% sobre o valor fixo da regra básica e sobre o teto da parcela adicional da Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

Também ficou definida a proibição de os bancos enviarem SMS aos bancários cobrando resultados, abono-assiduidade de um dia por ano e adesão ao programa de vale-cultura do governo federal.

Os dias parados deverão ser compensados até 15 de dezembro, com o máximo de uma hora diária.

Fonte: O Alvoradense / Com informações do Correio do Povo