A chegada dos 31 profissionais do programa “Mais Médicos”, seis deles devem vir atuar em Alvorada, do governo federal prevista para a noite de ontem e remarcada para a manhã desta terça-feira foi adiada novamente.

De acordo com a assessoria de imprensa do Minstério da Saude, o grupo deve desembarcar em solo gaúcho apenas  à tarde.

Ontem (28), a chegada de 70 profissionais, que deveria ter ocorrido pela manhã, também sofreu atraso. O motivo seria a indisponibilidade das aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) que transportam ainda autoridades para outros estados.

No total, o Rio Grande do Sul vai receber 133 profissionais, sendo o segundo estado com maior quantidade de médicos do programa, ficando atrás apenas de São Paulo. Até agora, 86 médicos começaram a trabalhar no Rio Grande – sete brasileiros, 31 brasileiros formados no exterior e 48 estrangeiros.

Os profissionais permanecem uma semana na Capital, hospedados no City Hotel, para continuar com treinamento de adaptação. No dia 4 de novembro, 25 devem começar a atuar em Porto Alegre e 108 partem para 31 municípios do Interior.

Fonte: O Alvoradense