O discurso de Dilma Rousseff (PT), ao ser eleita a primeira presidente mulher do Brasil, em 2010, e o pronunciamento da petista no último domingo (26), após reeleição para a chefia do Executivo, em muito se assemelham. Entre os temas em comum está o destaque para o pedido de “união” da população brasileira. Enquanto em 2010 Dilma usou a máxima que seria “a presidenta de todos os brasileiros e brasileiras”, este ano conclamou os eleitores a se unirem “a favor do futuro da pátria”.

Outros temas, por sua vez, ganharam maior ou menor enfoque, dependendo da ocasião em que foram tratados. A reforma política é um deles. Apesar de Dilma ter mencionado o assunto em 2010, a importância que a proposta ganhou no discurso presidencial em 2014, foi maior, sendo apresentada como uma das principais promessas da reeleição. “Meu compromisso, como ficou claro durante toda a campanha, é deflagar esta reforma que é responsabilidade constitucional do Congresso, que deve mobilizar a sociedade por meio de um plebiscito”, disse Dilma, após vencer a disputa contra Aécio Neves (PSDB), em segundo turno, por 51,64% contra 48,36%.

Em caminho contrário, o tema economia foi tratado com maior destaque no discurso de 2010, do que no atual. No primeiro mandato, a presidente eleita falou em simplificar o sistema tributário, combater a inflação e aumentar a qualidade do gasto público. “Teremos grandes responsabilidades num mundo que enfrenta ainda os desafios e os efeitos de uma crise financeira de grandes proporções e que se socorre de mecanismos nem sempre adequados, nem sempre equilibrados para a retomada do crescimento”, ponderou à época. Este ano, por sua vez, a presidenta reeleita prometeu “promover ações localizadas para retomar ritmo de crescimento”, porém sem listar ações.

Tema 2010 2014
Primeiro compromisso “Honrar as mulheres brasileiras para que esse fato até hoje inédito [a eleição de uma presidente mulher] possa se repetir e se ampliar nas empresas, nas instituições civis e nas entidades representativas de toda a nossa sociedade”. “Esta presidenta aqui está disposta ao diálogo. E este é o meu primeiro compromisso do segundo mandato: diálogo”.
Mulheres “A igualdade de oportunidades entre homens e mulheres é um princípio essencial da democracia”. “Registro o compromisso de valorizar a democracia em toda a sua dimensão”. “Vamos continuar construindo um Brasil maior (…) O Brasil que cuida das pessoas com um olhar especial para as mulheres, os negros e os jovens”.
Economia “Cuidaremos de nossa economia com toda a responsabilidade. O povo brasileiro não aceita mais a inflação como solução irresponsável para eventuais desequilíbrios”. “Promoverei ações localizadas, em especial na economia, para retomarmos nosso ritmo de crescimento, continuar garantindo os níveis altos de emprego e assegurando também a valorização dos salários”.
Reforma Política “Quero me empenhar, junto com todos os partidos, por uma reforma política que eleve os valores republicanos, avançando e fazendo avançar nossa jovem democracia”. “Entre as reformas, a primeira e mais importante deve ser a reforma política. Meu compromisso, como ficou claro durante toda a campanha, é deflagar esta reforma que é responsabilidade constitucional do Congresso, que deve mobilizar a sociedade por meio de um plebiscito”.
Corrupção “Não haverá compromisso com o erro, o desvio e o malfeito”.
“Os órgãos de controle e fiscalização trabalharão com o meu respaldo sem jamais perseguir adversários ou proteger amigos”.
“Tenho um compromisso rigoroso com o combate à corrupção. Fortalecendo as instituições de controle e propondo mudanças na legislação atual para acabar com a impunidade que é a protetora da corrupção”.
“Ao longo da campanha, anunciei medidas que vão ser muito importantes para que a sociedade brasileira enfrente a corrupção e acabe com a impunidade.”
Educação “Me comprometi nesta campanha com a qualificação também da educação e dos serviços de saúde”.
“A visão moderna do desenvolvimento econômico é aquela que valoriza o trabalhador e sua família, o cidadão e sua comunidade, oferecendo acesso à educação e saúde de qualidade”.
“União pela educação, união pelo desenvolvimento, união pelo país”.
“Vamos continuar construindo (…) um Brasil cada vez mais voltado para a educação, para a cultura, ciência e inovação”.
Lula “Agradeço muito especialmente e com emoção ao presidente Lula”.
“Sei que um líder como Lula nunca estará longe de seu povo, de cada um de nós.”
“Minha convicção de assumir a meta de erradicar a miséria vem não de uma certeza teórica, mas da experiência viva do nosso governo, do governo do presidente Lula”.
“Eu faço um agradecimento do fundo do meu coração ao militante número 1 das causas do povo e do Brasil, o presidente Lula”
Democracia “Por isso, registro aqui outro compromisso com meu país. Valorizar a democracia em toda sua dimensão, desde o direito de opinião e expressão até os direitos essenciais, básicos, da alimentação, do emprego, da renda, da moradia digna e da paz social”. “Nas democracias maduras, união não significa necessariamente unidade de ideias, nem ação monolítica conjunta. Pressupõe, em primeiro lugar, abertura e disposição para o diálogo”.

Fonte: EBC