Apresentamos as principais propostas de cada candidato à Prefeitura de Alvorada sobre os assuntos mais relevantes da cidade, conforme consta no Plano de Governo disponibilizado no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A seguir, veja as propostas dos candidatos, em ordem alfabética, relacionadas à Saúde:

Appolo (MDB):

Intensificar as ações de prevenção, promoção e qualificação da saúde pública;

Informatização total da saúde para agilizar e otimizar todos os serviços da atenção básica;

Intensificar o programa de castração de animais de rua.

Douglas Martello (DEM):

Reformulação da Atenção Básica, elaborando um Plano Municipal de Saúde eficaz, visando a ampliação e o fortalecimento das equipes de PSFs e das Unidades Básicas de Saúde;

Protocolos de atendimento aos principais Programas de Atenção Primária, com foco na saúde da mulher, pré-natal, puerpério, hipertensão e diabetes, saúde da criança, saúde do idoso, imunização, odontologia e planejamento familiar;

Educação permanente, qualificação e capacitação continuada, visando a valorização dos profissionais de saúde que atuam na linha de frente do cuidado;

Informatização do prontuário de saúde e rede de compartilhamento das informações em todas as esferas de atendimento;

Unidade de Pronto Atendimento de baixa complexidade em Saúde (PA) com atendimento até as 24h;

Descentralização da Farmácia Municipal por microrregiões, com base nas características e nas necessidades dos bairros mais carentes da cidade;

Ampliação do Centro de Especialidades Médicas (CEM), afim de garantir os atendimentos de maior complexidade ao usuário dentro do perímetro da cidade, atrelando estes recursos aos Consórcios Intermunicipais de Saúde (CIS);

Implementação do Centro de Regulação Médica local e Telemedicina;

Implementação do Plano de Auditoria e Captação de Recursos em Saúde;

Busca ativa por Parcerias Público Privadas (PPP) com instituições de saúde;

Implantação do Centro de Saúde Mental, visando reestruturar a estratégia de atendimento dos CAPS;

Fortalecer o atendimento compartilhado junto ao Hospital de Alvorada;

Planejar e buscar os recursos necessários para implementar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), com base nas diretrizes do Ministério da Saúde;

Reestruturação do Canil Municipal com foco no controle populacional de cães e gatos de rua.

Juliano Marinho (PSD):

Mudar a gestão do Hospital de Alvorada com a ampliação de leitos para internações, implantação de leitos de UTI, aquisição de tomógrafo, realização de cirurgias, atendimentos em traumatologia, entre outras especialidades, e garantir atendimento humanizado, através de convênios diretos com a Prefeitura;

Abertura da UPA 24 horas;

Ampliação da oferta dos serviços de consultas e exames na rede municipal;

Criação de Farmácias Municipais nas principais regiões da cidade;

Programa “MELHOR EM CASA” com atendimento domiciliar por equipes multidisciplinares para pessoas com dificuldade de locomoção temporárias ou definitivas de sair do espaço da casa para chegar até uma unidade de saúde;

Telemedicina para evitar longas filas de espera por consultas;

Criar o serviço de entrega gratuita de medicamento para idosos e pessoas com mobilidade reduzida;

Marcação de consultas e exames por meio de telefone e aplicativos de mensagens;

Política de valorização dos Agentes Comunitários de Saúde;

Aderir junto ao SAMU ao serviço rápido para socorros em casos que sejam viáveis o transporte via motocicletas;

Criar uma unidade de saúde específica para atender os idosos;

Lei que prevê aquisição das vacinas contra a Covid-19.

Junior Caminhoneiro (PSOL):

Investir na implantação e no fortalecimento de políticas públicas de prevenção em saúde nas escolas através do programa de Saúde da Escola e de prevenção às ISTs;

Promover e potencializar as políticas públicas de atendimento ao idoso, às mulheres, às pessoa com deficiência e às crianças e adolescentes;

Qualificação da rede de serviços de saúde através da desburocratização, melhoria do acesso à informação, ampliação da rede de serviços e cumprimento das diretrizes estabelecidas na Conferência Municipal de Saúde;

Gestão de Saúde voltada para adesão, implantação, potencialização e desenvolvimento de todos os programas estruturantes da Saúde;

Priorizar e potencializar as políticas de saúde preventiva com o fortalecimento do PSF;

Política de prevenção às drogadição e de acolhimento aos usuários e familiares dentro da rede de atenção psicossocial;

Fortalecer a Região de Saúde, constituindo consórcios intermunicipais, objetivando a gestão articulada e a ampliação da rede assistencial.

Stela Farias (PT):

Investimento em ações de saúde preventiva, com programas de educação para o cuidado nas comunidades mais vulneráveis, nas escolas, nas associações comunitárias e nas igrejas, terreiros e templos;

Abrir concurso para profissionais de saúde nos primeiros meses de governo;

Valorizar os profissionais de saúde e qualificar a estrutura das Unidades de Saúde;

Ampliação do horário de atendimento até às 22 horas de pelo menos uma UBS em cada quadrante da cidade, descentralizando
também a distribuição de medicamentos da Farmácia Municipal;

Garantir a efetiva modernização e informatização da saúde, para permitir o acesso aos serviços através de ferramentas digitais, e agilizar o atendimento;

Trabalhar para que o PAM-8 seja um Centro de Especialidades, viabilizando de forma mais ágil consultas com especialistas e a realização de exames;

Articular com o Governo do Estado para que o Hospital de Alvorada se qualifique como um hospital geral, com UTI, atendimentos de urgência traumatológica e realização de cirurgias, ampliando os leitos disponíveis.

Valmor Freitas (CIDADANIA):

Garantir o acesso da população aos serviços de qualidade, humanizando ainda mais o atendimento, mediante o aprimoramento da política de atenção básica e especializada;

Melhorar a relação e a parceria com o Hospital de Alvorada, estreitando e alinhando a parceria com o Instituto de Cardiologia;

Garantir atendimento médico de urgência nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) para diminuir o fluxo de usuários no Hospital de Alvorada e fazer uma análise diagnóstica da situação das UBS visando a melhoria estrutural e tecnológica;

Implantar comitê integrado de atendimento aos dependentes e seus familiares de álcool e drogas que envolva atenção na área da saúde e desenvolver campanhas nas escolas públicas e privadas, clubes de serviços e igrejas, objetivando a prevenção ao uso de drogas;

Capacitar os profissionais da saúde para o atendimento dos usuários e dependentes de drogas lícitas e ilícitas;

Articular ações conjuntas da saúde, assistência social, educação e cultura para atendimento especializado aos idosos e garantir a atenção integral à saúde da pessoa idosa e dos portadores de doenças crônicas e estímulo ao envelhecimento ativo;

Implantar sistema de prontuário eletrônico visando ter histórico de cada paciente consultável em cada órgão de saúde atuante no município, que este sistema permita a visualização de exames de imagem e laudos;

Implantar sistema de marcação de consultas via aplicativo;

Descentralizar o atendimento de entrega de medicamentos na Farmácia Municipal para os bairros ou regiões e implementar o programa de entrega de medicamentos para pessoas com dificuldade de mobilidade;

Implantar um canil municipal modelo e um programa de castração de animais, bem como promover campanhas de não abandono e de adoção de animais;

Promover ação de aproximação com o Hospital da cidade, com ações de fiscalização e cobrança junto ao Instituto de Cardiologia, na busca de resultados que contemplem as necessidades do município;

Estabelecer convênios com clínicas para atendimento em áreas não contempladas pelo serviço hoje oferecido;

Intensificar e estruturar as Unidades Básicas de Saúde, incentivando o atendimento nas regiões e, com isso, diminuindo a
demanda no Hospital;

Fortalecer a gestão democrática e participativa da saúde, articulando com a sociedade civil, fortalecendo o conselho municipal de saúde.