Conta de luz já terá redução em julho

CEEE Equatorial passa a considerar a alíquota máxima de 17% de ICMS no faturamento de energia elétrica

205
Foto: Reprodução / OA

Desde terça-feira (5), as contas de luz da CEEE Grupo Equatorial chegam mais baratas para seus consumidores. O reajuste observa a alíquota máxima de 17% de ICMS no faturamento do serviço, determinada pelo Governo do Estado através do Decreto n° 56.573, publicado em 30 de junho.

As faturas emitidas terão aplicação de alíquota proporcional do ICMS de acordo com o período. Para melhor demonstrar esse cálculo ao cliente, a fatura apresentará duas linhas indicando consumo e valor. A primeira, apurada entre a leitura anterior e o último dia de vigência da alíquota anterior (22 de junho), terá incidência de 25%. Na segunda linha, aparecerá a cobrança referente ao período a partir de 23 de junho, com aplicação do novo percentual, de 17%.

“Temos compromisso com a agilidade e a transparência na composição da conta de luz. A partir do decreto estadual, houve uma mobilização durante o final de semana para garantir que as faturas de mais de 93% dos nossos consumidores cheguem mais baixas já no vencimento deste mês”, explica Rafael Ávila, gerente de Gestão Comercial da concessionária. Segundo o executivo, as equipes da CEEE Grupo Equatorial estavam atentas para a realização da mudança desde a sanção presidencial, em 23 de junho.