Estações de bombeamento da Corsan ficaram inundadas em julho | Foto: Divulgação / OA
Estações de bombeamento da Corsan ficaram inundadas em julho | Foto: Divulgação / Vereador Reginaldo Rocha / OA

A Corsan está realizando algumas mudanças em suas operações na cidade. No mês de julho, as estações de bombeamento ficaram inundadas e todos os bairros ficaram sem luz por mais de cem horas. O objetivo é diminuir o risco de um acidente como este se repetir em Alvorada.

Os motores e comandos elétricos serão transferidos para a parte alta da estação. Além disso, portas e janelas da casa de motores receberão isolamento e contenção. Também será instalada uma porta modelo de navio, capaz de vedar o ambiente.

• ASSINE: Receba a edição impressa do jornal O Alvoradense em casa

A lagoa de Cachoeirinha também receberá manutenção. A capacidade de captação atual é de 250 mil litros por segundo. Com a alteração, a vazão se multiplica por 1 milhão por segundo.

Os vereadores Leandro Tur, Neto Girelli, Preto e Reginal Rocha estiveram presentes nas estações da Corsan para verificar as mudanças. Eles formam a Comissão Especial para Fiscalização e Acompanhamento dos Serviços da Corsan.

Fonte: O Alvoradense