Vereadores aprovam auxílio emergencial para creches e escolas de Educação Infantil

Compra de vagas na rede particular valerá até o final do ano

440

A Câmara de Vereadores aprovou em sessão na noite desta terça-feira (2) o pagamento de um auxílio emergencial para creches e escolas da Educação Infantil de Alvorada.

O projeto de Lei de autoria do presidente da Câmara de Vereadores, Juliano Marinho (PSD), prevê a compra de vagas nos estabelecimentos de ensino da cidade para garantir o atendimento aos alunos ao mesmo tempo em que auxilia no financiamento das instituições. A proposta foi aprovada por unanimidade e tem validade até o final do ano.

A crise que atinge o setor já levou a demissão de funcionários na cidade devido ao alto índice de inadimplência e de cancelamento de matrículas, uma vez que muitas famílias não conseguem manter os filhos nas chamadas escolinhas.

“A lei tem por finalidade acolher as famílias que estão com as crianças em casa, e não tem mais condições de efetuar os pagamentos das escolas”, explica Juliano.

Outra motivação foi o fato de que muitas escolas correrem o risco de fechamento durante este tempo de quarentena, justamente pela alta inadimplência. “Seria uma situação que agravaria ainda mais os índices de escolaridade do município, que já se encontra no penúltimo lugar em termos de alcance das metas do Plano Municipal de Educação, referente a Educação Infantil”, complementa Juliano.