Um dos bairros mais atingidos foi o Maria Regina, onde além do granizo houve queda de poste e alagamentos | Foto: Carol Maciel / Especial OA
Um dos bairros mais atingidos foi o Maria Regina, onde além do granizo houve queda de poste e alagamentos | Foto: Carol Maciel / Especial OA

A Defesa Civil de Alvorada montou um esquema de emergência para atender às áreas mais atingidas pelo temporal no fim da tarde deste sábado (01).

Um grupo com servidores de várias secretarias municipais faz a avaliação de momento dos estragos.

As regiões Leste e Central foram as mais atingidas pelo granizo. O tamanho das pedras de gelo impressionou. Apesar de nenhum número ainda ser divulgado, o a quantidade de casas destelhadas deve passar de mil.

Um dos bairros mais atingidos é o Maria Regina, onde além do granizo há alagamentos e queda de postes. Uma escola também foi destelhada.

Pouco mais de uma hora após o temporal, mais de oito quilômetros de lona já foram distribuídos à população, o que representa todo o estoque da Defesa Civil.

Moradores que precisarem de auxílio devem ligar para o número (51) 3044.8686. A Defesa Civil, no entanto, pede paciência devido ao grande número de atendimentos que são realizados simultaneamente.

Fonte: O Alvoradense