Delegacia do Meio Ambiente realiza apreensão de aves no município

Pássaros silvestres foram encontrados em residência do bairro Piratini

472
Foto: Polícia Civil / Dema / OA

Agentes da Delegacia do Meio Ambiente (Dema), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), estiveram em Alvorada na manhã desta quinta-feira (29) realizando a apreensão de aves silvestres em cativeiro ilegal. A ação faz parte da Operação Voo Livre, que busca coibir crimes contra a fauna silvestre.

Em cumprimento de mandado de busca e apreensão, chegaram a uma residência no bairro Piratini, resultado de investigação sobre o cativeiro ilegal de animais silvestres. No local estavam nove aves silvestres das espécies trinca-ferro, coleiro, bico-duro e canário da terra, além de um alçapão para captura de aves. O proprietário da casa vai responder a procedimento policial pelo crime previsto no artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais, com pena de detenção de seis meses a um ano e multa.

Além disso, durante as buscas, os moradores tentaram soltar algumas aves e responderão também pelo crime de obstaculizar ou dificultar a ação fiscalizadora do Poder Público no trato de questões ambientais, previsto no art. 69 da Lei de Crimes Ambientais, com pena de detenção de um a três anos e multa.

Quanto aos animais apreendidos, foram encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama.

A comunidade pode auxiliar as autoridades no combate a esse tipo de crime através do disque-denúncia 0800.510.2828, WhatsApp e Telegram (51) 98444.0606 ou no site http://www.pc.rs.gov.br