Foto: Divulgação / OA

Seguimos o especial de entrevistas com os presidentes municipais dos partidos em Alvorada. Hoje O Alvoradense entrevista Douglas Martello, presidente municipal do Democratas e pré-candidato a prefeito pelo partido.

Como o atual cenário político da cidade impactou ou impacta na escolha do candidato?

Douglas Martello: O momento é de combate à pandemia, mas o nosso partido vem trabalhando e se organizando nos últimos quatro anos a fim de consolidarmos dois objetivos: apresentarmos uma candidatura sólida e um nome que represente a mudança que Alvorada tanto precisa. Por isso, já definimos há muito tempo, o nome Douglas Martello como pré-candidato do Democratas à Prefeitura. 

Como está a mobilização interna do partido pela escolha do candidato? O candidato já foi escolhido? Quais os apoios (partidos) desta pré-candidatura?

Douglas Martello: Nossa pré-candidatura conta com o apoio de três partidos: Democratas, Republicanos e Avante. Além do apoio do ex-prefeito Carlos Brum. 

Qual o impacto que a mudança das datas referentes à eleição terá no processo de Convenção e de campanha para seu partido?

Douglas Martello: A mudança é para todos, então vamos respeitar a legislação. 

O partido trará um candidato com quais qualidades? Qual é a aposta do partido com seu candidato? A preferência do partido nessa eleição será por um candidato “novo” ou um mais experiente?

Douglas Martello: Somos o único grupo político desta eleição que poderá apresentar um nome que represente a mudança de fato. Não participamos do governo Appolo e nem dos governos petistas. Entendemos que Alvorada merece uma mudança de nomes e de atitude. Nosso grupo representa isso. Eu, Douglas Martello, sou jovem, mas com grande experiência. Me preparei durante anos, busquei conhecimento e não tenho meu nome ligado a nenhum tipo de escândalo. Sou um cidadão alvoradense, honesto, trabalhador e construí toda a minha história em nosso município. 

Como a pandemia vai influenciar no processo de campanha, no sentido da impossibilidade de aglomerações e contato direto com os eleitores?

Douglas Martello: Com certeza a pandemia muda a forma de fazer campanha. Nós iremos apostar na criatividade para gerar conteúdos e levar nossa mensagem a todos os alvoradenses. 

Qual o impacto que o atual cenário político nacional terá em Alvorada e no que se refere ao seu partido? Seguirá a linha da política nacional?

Douglas Martello: A eleição é municipal e temos que tratar das coisas de Alvorada. Sem dúvida que ter uma  boa relação com os governos Estadual e Federal são importantes para a busca de recursos. 

O partido tem buscado aliados para a composição de chapa para as eleições 2020? Qual o contexto que você poderia relacionar?

Douglas Martello: Estamos buscando aliados sim, mas ao invés da construção tradicional que é feita na cidade, estamos fazendo de uma forma diferente. Buscando na sociedade e não nos partidos, as pessoas de Alvorada tem que ser protagonistas nesta eleição e é com elas que venceremos e será com elas que iremos mudar nossa cidade.