Carga estava em duas carretas escondida em depósito no bairro Piratini | Foto: Denarc / Divulgação / OA
Carga estava em duas carretas escondida em depósito no bairro Piratini | Foto: Denarc / Divulgação / OA

Agentes da 4ª Delegacia de Investigações do Narcotráfico (DIN), do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc), apreendeu na noite desta sexta-feira (15) seis toneladas de produtos irregulares no bairro Piratini.

• FOTOS: Confira mais fotos da carga apreendida

Segundo o delegado Maurício Barison, titular da 4ª DIN, os agentes se deslocaram até o local para investigar um suposto transporte de drogas ilícitas.

Ao chegarem ao local, contudo, os policiais civis encontraram em um depósito duas carretas carregadas com produtos de vestuário, como camisas, masculinas e femininas, óculos de diversas marcas e tênis, e aparelhos eletrônicos.

O proprietário da mercadoria não apresentou nota fiscal ou qualquer documento que justificasse a posse ou autorizasse transporte dos objetos, além disso, negou-se a prestar qualquer informação acerca da origem e destino das mercadorias.

Além do material apreendido, quatro homens foram presos suspeitos de contrabando, o proprietário da mercadoria, os motoristas das carretas e um ajudante. Eles foram encaminhados ao Denarc, em Porto Alegre, e prestarem depoimento. Os veículos e os objetos foram encaminhados ao depósito da Receita Federal.

Barison detalhou que os objetos apreendidos são de marcas famosas e possuem valor elevado no comércio. Além disso, acredita que o valor dos objetos apreendidos, quando vendidos no varejo, pode se aproximar dos R$ 2 milhões.

Fonte: O Alvoradense