Armas, munição de diversos calibres, dinheiro e 11 kg de crack foram apreendido com os dois homens | Foto: Polícia Civil / Divulgação / OA

Policias da 4ª Delegacia de Investigação do Narcotráfico (DIN), do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc), prenderam no final da tarde de ontem (19) dois homens suspeitos de serem dois dos maiores fornecedores de crack da região Metropolitana.

Os dois homens, de 36 e 37 anos, foram presos no bairro Piratini, zona Leste da cidade. Foram apreendidos junto eles 11 quilos de crack e dois veículos – um Fiat Punto e um Ford Fiesta.

No decorrer das buscas que foram realizadas também em uma residência em Canoas, foram apreendidos aproximadamente 200 cartuchos de diversos calibres dinheiro, joias, celulares e documentos.

Conforme afirmou o delegado Thiago Bennemann, da 4ª DIN e Rodrigo Zucco, da 2ª DIN, o homem conhecido como “Tamagoshi” estaria realizando a movimentação de grandes quantidades de drogas oriundas dos Estados do Paraná e Mato Grosso do Sul e transportado ao Estado em carrocerias de veículos para distribuí-las na região Metropolitana.
Ele estava foragido da Justiça Federal em virtude de condenação por ser o líder de associação voltada ao tráfico internacional de drogas, com atuação na rota Brasil-Paraguai.

Os presos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após os trâmites legais, os homens serão encaminhados ao sistema prisional.

Fonte: O Alvoradense