Cartaz informa clientes o motivo do fechamento da loja | Foto: Divulgação / OA

Cansado de tantos assaltos, o proprietário da joalheria Topaze fixou na vitrine de uma de suas lojas um cartaz informando os clientes do motivo do estabelecimento estar com as portas fechadas.

O último assalto ocorreu na semana passada, o que levou o proprietário, José Carlos, a se reunir com o comando do 24º Batalhão da Brigada Militar.

José Carlos pede a elucidação dos crimes como forma de ampliar a segurança da região. “Foram mais de 15 assaltos nos últimos dois anos, chegando ao absurdo de uma das lojas, localizada no Big, ter que fechar as portas por ter sido assaltada duas vezes no mesmo mês”, conta.

O vereador Schumacher (PT) acompanhou a reunião e solicitou o aumento do policiamento na região. “Foram quase 80 assassinatos em menos de 8 meses, e centenas de assaltos ao comércio e a pedestres. Para piorar a situação as câmeras de segurança continuam desativadas em toda a cidade, facilitando a vida dos bandidos e aumentando a insegurança de quem trabalha e gera empregos”, afirmou.

De acordo com o tenente Walter, o serviço de inteligência da Brigada vai verificar as imagens de câmeras particulares para tentar identificar a quadrilha responsável pela onda de assaltos. Nesta segunda-feira (25) o ônibus da corporação ficou estacionado na parada 46 da avenida Getúlio Vargas, ponto central do comércio da região.

Fonte: O Alvoradense